• Para tensões nominais até 300 V, formado por fios de cobre nu, eletrolítico, têmpera mole, encordoamento classe 5 (flexível), isoladas duas veias dispostas em paralelo com Policloreto de Vinila (PVC), tipo PVC/D para 70°C.
  • Para tensões nominais até 300 V, formado por fios de cobre nu, eletrolítico, têmpera mole, encordoamento classe 5 (flexível), isoladas duas veias dispostas em paralelo com Policloreto de Vinila (PVC), tipo PVC/D para 70°C.
  • Cabo PP flexível com 2, 3 ou 4 vias, para tensões nominais até 500V, formado por fios de cobre nu, eletrolítico, têmpera mole, encordoamento classe 5, com veias isoladas por Policloreto de Vinila (PVC), tipo PVC/D para 70°C torcidas entre si, formando o núcleo e cobertura extrudada com Policloreto de Vinila (PVC).
  • Para tensões nominais até 450/750 V, formado por fios de cobre nu, eletrolítico, têmpera mole, encordoamento classe 4 e 5 (flexíveis), isolado com Policloreto de Vinila (PVC), tipo PVC/A para 70°C, antichama.
  • O cabo flexível antichama é formado por fios de cobre nu, eletrolítico, têmpera mole, encordoamento classe 4, revestido por Policloreto de Vinila (PVC), tipo PVC/A para 70ºC, livre de halogênios, com baixa emissão de fumaça e gases tóxicos. Destinado à aplicação em quadros elétricos, uso doméstico e industrial.
  • Para tensões nominais até 0,6/1kV, formado por fios de cobre nu, eletrolítico, têmpera mole, encordoado com seção circular compactada, isolado em composto termofixo 90ºC com negro de fumo disperso.